Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Encontro discute praga da Cochonila do Carmim PDF
Ter, 20 de Março de 2018 00:00

A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri), por meio do seu diretor de Sanidade Vegetal, Tito Carneiro, e do fiscal estadual José de Oliveira Santos, participou de uma reunião para tratar do enfrentamento da praga da Cochonila do Carmim(Dactylopius opuntiae).

O evento se deu no último dia 14 de março, no município de Paulo Afonso (BA) e contou com a participação dos órgãos estaduais de defesa sanitária vegetal da Bahia, Rio Grande do Norte, Piauí, Ceará, Sergipe e Alagoas.Também participaram do encontro entidades de fomento, além de representação de produtores, pesquisa e assistência técnica.

A Cochonilha do Carmim é atualmente a mais importante praga da Palma Forrageira. No ato da alimentação, as cochonilhas sugam as raquetes, inoculando toxinas, enfraquecendo-as, provocando seu amarelecimento e queda. Em caso de ataque severo, e não sendo adotada medida de controle, poderá ocorrer a morte da planta e a destruição do palmal.

Da reunião, saíram as seguintes conclusões:

  • A cochonilha do carmim está dispersa nos estados do Nordeste, no que pese os esforços de se conter ou erradicar a praga pelos agentes estaduais de defesa agropecuária;
  • A mais eficiente e econômica forma de se manter a sustentabilidade da atividade de exploração da palma forrageira é a introdução e substituição da palma gigante por variedades resistentes à cochonilha do carmim;
  • A implementação e manutenção de manejos adequados, respaldados pela pesquisa, garantem o sucesso da atividade de exploração da cultura;
  • Ações de assistência técnica continuada, articulação e integração institucional, com apoio efetivo dos órgãos estaduais de defesa agropecuária garantem a sustentabilidade da exploração e expansão da cultura da palma forrageira.


A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri) , por meio do seu diretor de Sanidade Vegetal, Tito Carneiro, e do fiscal estadual José de Oliveira Santos, participou de uma reunião para tratar do enfrentamento da praga da Cochonila do Carmim(Dactylopius opuntiae).

O evento se deu no último dia 14 de março, no município de Paulo Afonso (BA) e contou com a participação dos órgãos estaduais de defesa sanitária vegetal da Bahia, Rio Grande do Norte, Piauí, Ceará, Sergipe e Alagoas.Também participaram do encontro entidades de fomento, além de representação de produtores, pesquisa e assistência técnica.

A Cochonilha do Carmim é atualmente a mais importante praga da Palma Forrageira. No ato da alimentação, as cochonilhas sugam as raquetes, inoculando toxinas, enfraquecendo-as, provocando seu amarelecimento e queda. Em caso de ataque severo, e não sendo adotada medida de controle, poderá ocorrer a morte da planta e a destruição do palmal.

Da reunião, saíram as seguintes conclusões:

A cochonilha do carmim está dispersa nos estados do Nordeste, no que pese os esforços de se conter ou erradicar a praga pelos agentes estaduais de defesa agropecuária;

A mais eficiente e econômica forma de se manter a sustentabilidade da atividade de exploração da palma forrageira é a introdução e substituição da palma gigante por variedades resistentes à cochonilha do carmim;

A implementação e manutenção de manejos adequados, respaldados pela pesquisa, garantem o sucesso da atividade de exploração da cultura;

Ações de assistência técnica continuada, articulação e integração institucional, com apoio efetivo dos órgãos estaduais de defesa agropecuária garantem a sustentabilidade da exploração e expansão da cultura da palma forrageira.
 

Calendário

Abril 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 1 2 3 4 5